APRENDENDO A MEDITAR

Conforme citado no post anterior, O Mindfulness é muito importante e produtivo no auxilio ao tratamento de Transtorno de Ansiedade e Depressão. 

Sabe-se que exercitar a atenção plena não é uma atividade fácil, por isso deixo abaixo algumas instruções de como meditar.

PRÁTICA PESSOAL DE MEDITAÇÃO

1- A verdadeira meditação é como você vive sua vida.

2- Para viver a vida plenamente, você deve estar presente.

3- Estar presente ajuda a conscientizar conscientemente seus momentos – caso contrário, você poderá perder muitos deles.

4- Você faz isso prestando atenção de propósito, no momento presente, e sem julgar o que quer que esteja surgindo interna e externamente.

5- Isso requer muita bondade em relação a si mesmo, o que você merece.

6- É bom lembrar que, bom ou ruim, agradável ou desagradável, o momento presente é a única vez que algum de nós vive. Portanto, é o único momento para aprender, crescer, ver o que realmente está acontecendo, encontrar algum grau de equilíbrio, sentir e expressar emoções como amor e apreciação, e fazer o que precisamos fazer para cuidar de nós mesmos – em outras palavras , incorporam nossa força intrínseca, beleza e sabedoria – mesmo diante da dor e do sofrimento.

7- Portanto, um caso amoroso gentil com o momento presente é importante.

8- Fazemos isso aprendendo a descansar na consciência do que está acontecendo interna e externamente, momento a momento – é mais um “ser” do que um “fazer”.

9- As práticas de meditação formal e informal são maneiras específicas pelas quais você pode fundamentar, aprofundar e acelerar esse processo; portanto, é útil dedicar algum tempo à prática formal em uma base diária regular – talvez acordando quinze ou vinte minutos antes você normalmente pegaria algum tempo para nós mesmos.

10- Trazemos consciência para nossos momentos apenas da melhor maneira possível.

11- Não estamos tentando criar um sentimento ou uma experiência especial – simplesmente para perceber que esse momento já é muito especial – porque você está vivo e acordado nele.

12- Isso é difícil, mas vale a pena.

13- É preciso muita prática.

14- Muita prática.

15- Mas você tem muitos momentos – e podemos tratar cada um como um novo começo.

16- Portanto, sempre há novos momentos a serem abertos, se sentirmos falta de alguns.

17- Fazemos tudo isso com uma enorme quantidade de auto-compaixão.

18- E lembre-se, você não é o seu pensamento ou opinião, o que gosta ou o que não gosta. Eles são mais parecidos com padrões climáticos em que você pode estar ciente – como nuvens se movendo no céu – e, portanto, não precisa ser preso.

19- Fazer amizade com você dessa maneira é a

aventura de uma vida e muito empoderadora.

20- Experimente por algumas semanas – cresce em

você.

SAIBA MAIS SOBRE O MINDFULNESS LENDO OS ARTIGOS ABAIXO:

RECEBA OS TEXTOS E ARTIGOS

2020-07-13T14:51:11-03:00
Neuropsicóloga - CRP: 04/32975 Especialista em Terapia Cognitivo Comportamental

Deixe uma resposta