Memória e Amnésia

MEMÓRIA E AMNÉSIA

IMAGINE SUA VIDA SEM MEMÓRIA?

Não saberia como saborear as recordações, de momentos alegres e nem sentimento de culpa ou angústia por recordações dolorosas.

Cada momento seria como uma nova experiência. Mas cada pessoa seria como um estranho, cada língua estrangeira, cada tarefa-como andar, vestir, cozinhar, andar de bicicleta. Tudo seria um novo desafio.

Sua memória é o arquivo da mente o depósito de sua aprendizagem.

Para a Psicologia; memória é qualquer indicação de que a aprendizagem persistiu ao longo do tempo.

É nossa capacidade de arquivar e recuperar informações.

Memória como processamento de informação

A memória humana sob alguns aspectos é parecida com o sistema de processamento de informações de um computador.

Lembrar qualquer evento exige:

  • CODIFICAÇÃO: Entrada de informação no cérebro.
  • ARQUIVAMENTO: Conservação da informação.
  • RECUPERAÇÃO: Saída da informação.

ARMAZENAMENTO DA MEMORIA

ARMAZENAMENTO DA MEMORIA SENSORIAL

A informação do sistema na memória através dos sentidos.Registramos e guardamos por umas instantes imagens visuais através da memória icônica (ou visual) e os sons através da memória ecóica.

MEMÓRIA DE CURTO PRAZO

Duram de segundos a horas e são vulneráveis a perturbações. Tais observações levaram a idéia de que as memórias seriam armazenadas na memória de curta duração e gradualmente são convertidas em uma forma permanente por intermédio de um processo chamado de consolidação da memória, o qual, entretanto, não requer necessariamente a memória de curta duração como memória intermediaria, os dois tipos de memória podem existir em paralelo.

MEMÓRIA DE LONGO PRAZO

As memórias de longa duração ou (longo prazo) são aquelas que se podem recordar dias, meses ou anos após serem armazenadas .Entretanto nem todas as memórias são armazenadas para longa duração.

MEMÓRIA DECLARATIVA

Memória declarativa é aquilo que queremos dizer com a palavra “memória” em sua utilização diária, mas na verdade conseguimos nos lembrar de muitas coisas.

MEMÓRIA NÃO DECLARATIVA

Divide-se em varias categorias.Memória de procedimentos.

Memória para habilidades e hábitos comportamentais.

De modo geral as memórias declarativas estão disponíveis para evocação do consciente e as memórias não-declarativas não. As tarefas que temos e os reflexos e associações emocionais que estabelecemos operam suavemente, porém sem reconhecimento do consciente.

A memória não-declarativa é freqüentemente chamada de memória Implícita,pois resulta diretamente da experiência, já a memória declarativa é chamada de memória explicita, pois resulta dos esforços mais consciente.

AMNÉSIA

Amnésia é uma séria perda de memória ou da capacidade aprender. Alcoolismo crônico, encefalite, tumor cerebral e (AVC) acidente vascular cerebral são condições que podem causar prejuízos a memória.

Após um trauma cerebral, perda de memória pode se manifestar de duas formas:

AMNÉSIA RETRÓGRADA

É caracterizada pela perda de memória de eventos anteriores ao trauma.

AMNÉSIA ANTERÓGRADA

É a inabilidade de formar novas memórias após um trauma cerebral.

AMNÉSIA DO LOBO TEMPORAL MEDIAL

A síndrome amnésica ou global caracteriza por uma amnésia retrograda intensa, não restrita a nenhuma modalidade sensorial. É acompanhado por amnésia anterógrada de alcance variado em número de anos que antecederam o agente amnésico. A memória para eventos remotos se conserva intacta,todavia, outras funções cognitivas , como linguagem, capacidade de raciocínio e de julgamento encontram-se relativamente preservadas.

AMNÉSIA DIENCEFÁLICA

Chamada de Síndrome de Korsakoff. Esta síndrome é causada é causada por deficiencia de tiamina, geralmente secundaria a desnutrição causada ao alcoolismo crônico, com possível contribuição do efeito tóxico do álcool. O lobo temporal geralmente está intacto e as lesões concentram-se principalmente na região medial no diencéfalo .

Além de amnésia anterógrada e retrograda , os pacientes com Korsakoff apresenta alguns outros déficits cognitivos, principalmente , em tarefas que envolvam resolução de problemas, atribuídos geralmente á atrofia de regiões neocorticais.

E habilidades de aprender tarefas percepto-motoras estão preservadas.

AMNÉSIA PROSENCEFÁLICA

A ruptura de aneurisma da artéria comunicante anterior (AcoA) pode ter como conseqüência alterações de personalidade e desordem da memória. Esses distúrbios de memória chegam a caracterizar em muitos pacientes uma síndrome amnésica anterógrada, retrograda e confabulação

REFERÊNCIAS BIBLIOGRAFICAS

  • VIVIAM, Maria Andrade, Flávia Heloisa Santos, Orlando Francisco-NeuroPsicologia Hoje-São Paulo: Artes Médicas,2004.
  • MAYER, David- Introdução a Psicologia Geral.Ed Livros técnicos e científicos, Rio de Janeiro,1999.
  • BEAR, F Mark, CONNORS, W Barry, PARADISO,Michael- Neurociencia-Desvendando o Sistema Nervoso.Editora Artmed, Rio Grande do Sul, 2002.

2018-10-01T10:08:32-03:00
Neuropsicóloga - CRP: 04/32975 Especialista em Terapia Cognitivo Comportamental

Deixe uma resposta