Transtorno do Pânico e Ansiedade

TRASTORNO DO PÂNICO E ANSIEDADE

Transtorno do Pânico e Ansiedade 1

HISTÓRICO

Podemos encontrar descrições anteriores ao século XIX de pessoas que apresentavam “estados de angústia”.Os sintomas de ansiedade são conhecidos pela medicina a muito tempo. No entanto esses sintomas só foram reunidos e caracterizados como uma doença em 1890.Quando descritos em soldados norte americanos durante a guerra civil na década de 1860 ,o transtorno do pânico já era chamado de “coração irritável”,considerando a importância do sintoma da aceleração do ritmo cardíaco no quadro. Também recebeu nomes como neurose de ansiedade,síndrome do esforço,dentre outros.

O transtorno do pânico só se tornou um diagnóstico oficialmente reconhecido em 1980.Antes todos os transtornos de ansiedade era considerados uma mesma doença.

O QUE É TRANSTORNO DE PÂNICO?

Este distúrbio é nitidamente diferentes de outros tipos de ansiedade,caracterizando-se por crises súbitas,sem fatores desencadeantes aparentes e, frequentemente,incapacitantes. Depois de ter uma crise de pânico a pessoa pode desenvolver medos irracionais(chamados fobias) destas situações e começar a evitá-las. Gradativamente o nível de ansiedade e o medo de uma nova crise pode atingir proporções tais como, que a pessoa não é capaz de colocar o pé pra fora de casa. Neste estágio diz-se que a pessoa tem transtorno do pânico com agorafobia.

O QUE É AGORAFOBIA?

Do grego (agora-mercado+ phobos- medo) é o medo irracional de lugares abertos.

É o comportamento de evitação provocados por lugares ou situações onde o escape seria difícil ou embaraçoso caso de tenha uma crise de pânico ou algum mal estar. Menos comumente, a pessoa pode não evitar mais situações, mas exigir a presença de um acompanhante.

QUAIS SÃO OS TRANSTORNOS DE ANSIEDADE QUE PODEM SER CONFUNDIDOS COM O TRANSTORNO DO PÂNICO?

Fobia social: Nesse caso a pessoa consegue identificar o que desencadeia o ataque de pânico, diferente do transtorno do pânico, em que muitas vezes os sintomas surgem sem motivo (inesperado). No caso da fobia social, as situações difíceis incluem aquelas em que há contato social ,exposição diante de outras pessoas, exemplo falar em público, usar banheiros públicos, etc.

Transtorno obsessivo compulsivo: Está relacionada a pensamentos desagradáveis que invadem a mente, como a idéia de sujeira, de que todos os objetos estão contaminados, etc.

Transtorno de ansiedade generalizada: Há um padrão contínuo de ansiedade, a maior parte do tempo, a maior parte dos dias. O paciente apresenta uma preocupação com o futuro. A ansiedade aparece de forma mais constante, diferente do transtorno do pânico, que há um momento de crise, que é distinto do resto do dia.

Transtorno do estresse pós-traumático: Pessoas que passaram por um evento muito traumático (estupro, assalto), apresentando sintomas de ansiedade intensos.

SINTOMAS DO TRANSTORNO DO PÂNICO

.Palpitações ou ritmo cardíaco acelerado

.Suor excessivo

.Tremores,abalos,sensação de trepidação interna

.Sensação de falta de ar ou sufocamento

.Sensação de asfixia

.Dor ou desconforto abdominal

.Sensação de tontura,instabilidade,vertigem ou desmaio

.Desrealização(sensação de irrealidade) ou despersonalização(está distanciado de si mesmo)

.Medo de perder o controle ou enlouquecer

.Medo de morrer

.Parestesias(anestesias ou sensação de formigamentos

.Calafrios ou ondas de calor

2019-01-26T16:49:38-02:00
Neuropsicóloga - CRP: 04/32975 Especialista em Terapia Cognitivo Comportamental

Deixe uma resposta